menu

Pesquisar este blog

PORQUE ANUNCIAR EM JORNAL VENDE MAIS QUE NA INTERNET?



QUEM JÁ VENDEU PRODUTO E ANUNCIOU EM

JORNAL DEVE TER PERCEBIDO A DIFERENÇA















Antes de responder vou contar uma história da minha vida, em meados dos anos 2000, comecei a vender instrumentos musicais e outras coisas em casa, e eu fazia o seguinte você lembra da época que se anunciava no jornal primeira mão? Então sempre localizava a parte do primeira mão que tinha anuncio grátis e anunciava um produto como sendo meu, mas era da empresa tinha que por poucas linhas entrava em contato por telefone e a pessoa que formava o anuncio, fazia com poucas linhas e assim eu anunciava e colocava numero de telefone o meu telefone era fixo na época, recebia um monte de ligações de pessoas que queria ver o instrumento, e eu entrava em contato com a loja sendo finalizada a compra a loja me dava uma comissão. E eu também sempre acompanhava os anúncios de empresas e sempre conseguia algum trabalho e serviço para fazer fosse free lance, vendas, ou até emprego mesmo, também no jornal da cidade que o valor do anúncio era barato toda semana colocava algo que estava vendendo e conseguia fazer a venda, depois desisti de trabalhar assim por motivos particulares. Então em 2006 entrei na faculdade e resolvi trabalhar com a informatica e internet, e tenho conseguido sim trabalho por aqui até mesmo pelo infojobs, mas continuo na duvida até hoje em relação a vendas e gostaria de entender o porque vender na internet não é como por jornal. 




Porque as empresas anunciam e as pessoas não clicam nos anúncios ignoram?


Porque os próprios navegadores e sistemas de rede sociais bloqueiam tanto os anunciantes?


Porque as campanhas não convertem?



Respondendo primeiro a pergunta do começo do texto a resposta é simples, quando as pessoas compram os classificados, ou compravam é porque já iam em busca de algo que precisava, neste caso já estavam acostumado a comprar o jornal, porque precisava de comprar um produto que ali seria anunciado. Exemplo na minha história acima um dia eu vendi um piano para uma pessoa sem conhecer o dono do piano.



Foi porque anunciei que vendia pianos, a pessoa me ligou e perguntou se gostaria de vender o seu piano então como eu já tinha em minha agenda telefone de possíveis clientes que me ligavam pedindo piano facilitou para que eu fechasse o negócio simplesmente pedindo a comissão e passando o cliente para ele. Então aparentemente parece que existia menos vendedores ou compradores, mas era a mesma coisa concorrência a mesma que hoje. A questão que o jornal precisava anunciar para vender a tiragem e pessoas que precisavam anunciar para vender seus produtos. Já a internet é digamos assim no meu pensar um campo livre você não tem gastos com papel maquinas, entre outras coisas para poder escrever nela somente encontrar um espaço e fazer o seu campo de trabalho, no caso de blog ou site, sim você sendo uma empresa, ou negócio maior quer ter um espaço mais sofisticado, você contrata uma equipe para cuidar disto para você, mas para pequenos negociantes existe o espaço gratuito, mas ai que morre o perigo, existe pessoas boas e mas na vida real e na internet também existe espaços bons e maus, a meu ver também a concorrência cibernética é maior que o caso do jornal, o tanto de anunciantes que tem aqui seja no jornal ou televisão nunca caberia no jornal, por exemplo não teria folha suficiente para escrever, e são todos os tipos de anúncios e produtos. Porém o que acontece com as redes sociais e os lugares que liberam seus espaços sabe que quem este anunciando é para vender algo e o que eles querem uma parte deste valor não importa se você é grande vendedor ou pequeno, eles querem que você pague para usar o seu espaço e já tem os concorrentes que por sua vez não tem misericórdia boicota as vendas uns dos outros a qualquer custo em contra partida as pessoas que estão nas redes sociais não estão ali para comprar ou vender, sim em sua maioria para “fofocar” se divertir, falar de policita, ou passar tempo, então que lugar sobra para se anunciar? Nos blogs, e no próprio Google, porque?



Nos blogs porque as pessoas estão orientando sobre algo, os anunciantes podem colocar ali naquele espaço o anuncio para aproveitar o momento para vender. Por exemplo: se você esta em duvida como reparar um computador. Então aparece uma propaganda ou anuncio sobre peça ou até mesmo sobre computador na pagina do blog que esta te orientando sobre o reparo do computador. Agora no caso quando você comprava o jornal para comprar um computador ou a peça do computador não tinha orientação sobre reparo e sim um anuncio de alguém vendendo a peça, ou o computador, ou então anuncio de técnicos para reparar. Mesmo assim sempre a pessoa pegava o telefone e entrava em contato com anunciante e fechava o negócio.



No caso de anúncios na pagina do blog, ignoram o anúncios nunca clicam e nem abrem só querem ler o tutorial do problema para resolver muitas pessoas ainda acham que anúncios contem vírus. Porque antigamente quando se abriam uma propaganda em um computador junto vinha vários pop ups que em sua maioria tinham vírus e até mesmo travavam o computador e parava de funcionar. Ainda existe sistemas assim que usam de mascaras de anúncios para passar vírus, mas as empresas de antivírus as empresas de propagandas e a própria segurança da internet tem trabalhado duro para limpar este mal. Além do que o próprio Google que é o maior interessado em trabalhar com anúncios tem feito um trabalho muito justo junto com seu sistema de adsense para poder sempre manter os anunciantes dentro de suas plataformas.



É como na tv aberta, o que mantem a tv em funcionamento?




As propagandas grandes empresas investem muito para lançar seus produtos em canais de divulgação e mesmo com a internet eles ainda continuam usando os espaços de tv para anunciar.

A internet não é diferente, mas as pessoas ignoram os anúncios como já disse acima, porque mesmo elas estando procurando algo na internet, se entram em um blog, logo saem preferem ir para a pagina da empresa que vende o produto, mesmo que esta empresa esta anunciando no blog, uns acreditam que é vírus, outros nem olham para o anuncio no espaço, e outros já sabem o que procuram nem se importam com os anúncios. Mas tem pessoas que preferem abrir o anuncio para ir direto para a pagina do que procura, mas existe, um outro fator, nem sempre o anúncios que aparece na pagina da busca é do produto que você busca.

Para isto que existe um trabalho muito importante para que possa estes anúncios funcionar, agora o que ocorre para responder as outras perguntas é que as pessoas como já disse nem sempre estão em rede social para comprar e no caso da rede social sabe que se você tem algo para vender você tem que pagar o espaço para anunciar e nem sempre você tem condições para pagar aquele espaço, porque pode custar de 0.30 centavos a 1.000 reais lembrando que se estes anúncios for ignorado pelo publico e não houver um bom alcance a conversão também se perde e o dinheiro é jogado fora, mas o sistema de analise da rede social, percebe quando você esta ali para participar de qualquer coisa banal, ou se esta para vender não pagou sai fora é banido.

As pessoas as vezes estão ali como já disse para se divertir viu uma propaganda ignora, fecha, ou até mesmo bloqueia que é o pior a ser feito, se alguém bloqueia algo somente porque lhe esta incomodando já vai lhe dificultar e mais rápido fazer a rede social banir o seu trabalho.

E por fim as campanhas que não converte, porque as concorrências são muitas todo mundo querendo vender no mesmo espaço e a grande maioria não pagou para estar ali e quem esta vendendo não quer comprar se esta ali é porque também quer vender, e o lugar que esta sendo anunciado não esta tendo publico para compra e sim pessoas que estão querendo vender.

Para um entendimento melhor pense em um monte de barraca de camelos?
Todos gritando querendo vender e não tem cliente passando. E ali tem fiscais da prefeitura querendo ou sua “propina”, ou a licença com imposto da prefeitura e por ultimo querendo fechar a barraca ou espaço. Também passa pessoas que não esta a fim de comprar e sim de passar no lugar se incomoda com os gritos e lhe denuncia para os fiscais. O que acontece você não vende e ainda perde o espaço.

Então qual o melhor a fazer?


Para ter uma boa conversão de vendas por mais que aprendemos a trabalhar com ferramentas voltada a rede social a rede social é o espaço do camelo, ou seja, o lugar ilegal, o correto é trabalhar no Google, porque se você analisar como a rua espaço do camelo e o estabelecimento comercial, no estabelecimento comercial além de ter alvará da prefeitura ser um local, organizado, as pessoas não vão entrar ali para andar a toa não é a praça onde esta o camelo que eles querem se divertir. Porque a rede social é a praça. É o seu lugar que você pagou para estar e ninguém vai te denunciar por estar ali. E você tem alvará para isto. O que fazer montar um espaço no Google falando como internet novamente, pagar o seu espaço mesmo que demore para crescer seu negócio, porque você terá que conquistar um público refinado, mas você tem mais chance de ganhar mesmo que demorado sem perder nada do que tentando fazer atalhos. Pagar seu espaço para anunciar e fazer o seu negócio fluir.


Mas e se eu não tiver dinheiro?


Você pode usar o espaço gratuito que o Google disponibiliza, mas saiba que sera demorado para ter um melhor alcance, porque mesmo que seja no Google, tem muita concorrência e os grandes canais com produtos diversos, você se não estudar muito, não tiver ajuda pode até nunca vender nada na internet.
Para isto se faz necessário fazer bons cursos, aprender com pessoas que já estão lá e ser insistente.

Se você for montar um negócio físico não é diferente. Sabemos que a estatística do Brasil é que os negócios de empreendedores não passam de dois anos e não temos politica que ajudam com motivação para que isto possa mudar. Na internet não é fácil se sustentar por ela, digo por mim eu ganhei em oito anos de blog somente cem dólares e ainda tive que pagar impostos para transformar em real, não desisti, porque além de estar aprendendo, faço outras coisas e quando posso trabalho fora em empresas. Mas pretendo no futuro viver só do meu negócio online. Já até comprei um curso que estou fazendo que somente vou falar dele no futuro.

Talvez minha explicação não esta muito clara embora tentei esclarecer o melhor possível, mas o que eu quero dizer para concluir é que a internet é bom para trabalhar, mas aparentemente o telefone, o jornal, ou outro sistema parecia ser melhor porque as pessoas ainda não tem cultura suficiente para aprender a lidar com esta novidade embora não seja tão novidade assim, porque ela já tem quase vinte anos no Brasil, mas anda a passos lentos, em outros países usam a rede social sim para vender, para propagar falar de produtos e orientar pessoas em busca de produtos, ou serviços, em nosso pais, usam para falar de vida pessoal, politica, e coisas do dia-a-dia, se alguém colocar um produto a venda, preferem denunciar ou ignorar, porque não estão ali para comprar nada, pode ser que futuramente se aprendam a usar a rede para ajudar as pessoas a comprar o produto que melhor lhe favoreça e deixem outros vender. Exemplo tenho duvida em uma maquina de lavar roupas que eu gostaria de comprar a pessoa que vai me orientar já comprou ou esta vendendo, ela me mostra os benefícios e fecha a venda, agora se já comprou mostra quem vende sem se importar que ela esta anunciando ali, e assim facilita para todos.


Quem sabe? Enquanto isto não acontece, vamos estudar para saber o modo de vender certo, mesmo que tenha que ser nas redes sociais ou no Google, sem que possamos parecer um camelo, mas sim um logista.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

ATENDENTES DA GOL TRABALHAM EM CASA

Trabalhar em casa aumenta a produtividade  e a Gol desenvolveu o trabalho em casa A Gol desenvolveu também o trabalho a partir de ...